Ensinar e aprender: desafio constante.

karla-300x225

Foto (crédito): Divulgação/CBDE.

“Você ensina e aprende ao mesmo tempo”. Uma troca constante de experiências em meio a uma imensa diversidade cultural. Assim, a experiente árbitra internacional e coordenadora de arbitragem de basquete da FEEMG Karla Diniz definiu o clima do Campeonato Brasileiro Escolar de Basquete, realizado pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar – CBDE em Recife. Há 4 dias na competição, que é Seletiva para o Mundial da modalidade na Croácia, Karla tem motivos de sobra para tanta satisfação. Mais uma vez, agradeço a FEEMG pela oportunidade em participar dessa competição de alto nível e com forte apelo educacional, destaca a árbitra. Até o momento, ela já apitou 5 jogos e brinca: espero estar na final. É o sonho de todo árbitro.

O dia a dia dos jogos é um pouco do resgate da memória de sua carreira esportiva. É sempre gratificante ajudar os meus companheiros. Foi assim quando comecei. Muita gente me ajudou a chegar onde estou e aqui é o momento de retribuir. Estou muito feliz, desabafa. Espero contribuir com o aprendizado dos alunos-atletas no crescimento da modalidade.

Presente em mundiais da categoria, Karla mistura experiência com ineditismo. Em 2010 apitou na República Tcheca o Mundial Adulto Feminino e em 2015 o Mundial Escolar em Limonge, na França. Com tanta bagagem profissional, Karla manda seu recado aos que desejam ir mais longe: trabalhar sempre, atualizar-se, ser a diferença e estar sempre à disposição para contribuir com o crescimento do basquetebol. É a primeira vez que participo desse Campeonato e para mim é tudo novo. Afinal, como já havia dito, a gente ensina e aprende ao mesmo tempo.

O basquete é uma arte que imita a vida e a vida é um constante aprendizado.

Texto:  Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (FEEMG)

Deixe seu comentário: