Associação Querubins e Espaço Criança Esperança (ECE-BH) participam do 2° Festival de Esportes Mercantil do Brasil

O 2° Festival de Esportes Mercantil do Brasil fez a alegria das crianças neste último sábado (02/09) em um dia de muito basquete no Colégio Marista, de Belo Horizonte. Organizado pela Federação Mineira de Basketball, o evento contou com a participação 36 equipes (456 crianças) de escolas, clubes e núcleos sociais da capital mineira.

Associação Querubins e Espaço Criança Esperança (ECE- BH) no Festival
Cerca de 30 crianças, entre 9 e 12 anos, que participam do Projeto Basquete Social, patrocinado pelo Instituto MRV, estiveram presentes no Festival. Para João, de 12 anos e morador do Aglomerado da Serra, foi uma grande experiência poder participar do Festival de Esportes. “Foi muito legal! A gente jogou bem, todo mundo se divertiu e eu espero jogar mais vezes.”
As crianças dos 2(dois) núcleos jogaram 06 partidas. Independente de resultados, a ideia do Festival é estimular a prática e o gosto pelo basquetebol. “A empolgação de fazer cestas, jogar com meus amigos e me divertir, é o que eu mais gosto no basquete.” é o que contou Vitor Hugo, de 12 anos. Mesmo jogando basquete há pouco tempo, Vitor Hugo não tem dúvidas. “Quero jogar basquete pelo resto da minha vida!” Já Gabriela, também de 12 anos, participa do núcleo do Espaço Criança Esperança e assume que não conhecia muito sobre o esporte, mas que hoje já é uma apaixonada pelo basquete. “No começo eu não queria jogar, mas depois fui gostando e hoje não quero parar mais. Gosto muito de driblar as outras meninas e dar passes pra cestas.”, concluiu Gabriela.

Basquete como instrumento social
A importância dos projetos de basquete da FMB, com patrocínio do Instituto MRV, é reconhecida pelos membros de outras equipes. Pedro Malard é técnico de basquete do Mackenzie e enxerga com bons olhos a chance que as crianças recebem na Associação Querubins e no Espaço Criança Esperança (ECE-BH). “Através do basquete essas crianças se dedicam ao esporte e assim ficam de fora de muitas coisas ruins que acontecem nas ruas. Além disso, é a chance de formar grandes atletas e cidadãos de bem, que é o mais importante.” salientou Pedro.
“Além da promoção do esporte, este tipo de evento promove a inclusão. Eventos como este são importantes para o desenvolvimento motor e até mesmo no desenvolvimento como pessoas. O Festival também aumenta o laço de amizade entre os meninos, além de ser uma chance de eles conhecerem crianças de outros lugares.” Explicou Yankow Oliveira, professor de basquete no Espaço Criança Esperança (ECE-BH).

O Projeto Basquetebol Social
Desde março de 2016, Instituto MRV e FMB atuam em prol do desenvolvimento de crianças carentes de Belo Horizonte.
A iniciativa, denominada projeto Basquetebol Social, oferece, duas vezes por semana, aulas que promovem a iniciação esportiva aos jovens da Associação Querubins e do Espaço Criança Esperança de Belo Horizonte (ECE-BH).

Instituto MRV
Fundado em dezembro de 2014 pela MRV Engenharia, o Instituto MRV é uma organização sem fins lucrativos, responsável pelo gerenciamento de iniciativas de responsabilidade social. Sua missão é promover a transformação social do nosso país por meio da educação, principal alicerce para o desenvolvimento de uma nação, preparando cidadãos para a vida e formando os realizadores do futuro.

Associação Querubins
A Associação Querubins é uma entidade social, sem fins lucrativos, que atende cerca de 250 crianças e jovens da Vila
Acaba Mundo e Aglomerado Santa Lúcia. A instituição oferece atividades artísticas, esportivas e pedagógicas gratuitas, com custos que ficam a cargo de projetos de incentivo fiscais, nos âmbitos municipal, estadual e federal, fundos de apoio à infância e adolescência, editais diversos e doações espontâneas. Ao pé da Serra do Curral, em espaço de 10.000 m² cedido pela Mineração Lagoa Seca do Grupo Unitas, na Rua Correias 700, a Associação conta com sete salas de aula, sala de dança, sala multimeios, ginásio poliesportivo, cozinha-escola, laboratório de informática, biblioteca, horta orgânica e um estúdio de gravação — em fase de conclusão. É nesse espaço que são oferecidas oficinas de Danças Urbanas, Dança Afro, Dança Contemporânea, Circo, Artes Visuais, Percussão, Construção de instrumentos, vídeo e cinema, além das oficinas de apoio escolar, cultivo de horta orgânica e jardinagem, esportes, informática, curso de culinária para crianças e capacitação profissional para adultos (gastronomia e hospitalidade).

Espaço Criança Esperança de Belo Horizonte (ECE-BH)
É um projeto de ação social voltado para crianças, adolescentes, jovens e suas famílias que moram no Aglomerado da
Serra, região centro-sul da capital mineira, e vivem em situações de exclusão social. Realizado pela Rede Globo em
parceria com a Unesco e tendo como parceiros locais a PUC Minas e a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, o Espaço Criança Esperança de Belo Horizonte atua desde 2003 no Aglomerado da Serra, como um espaço de referência na formação de educação e protagonismo para moradores do local. Atendendo a crianças, adolescentes e jovens com idades entre 06 e 24 anos, o ECE-BH tem como principal objetivo contribuir para a formação humana de seus educandos, promovendo a inclusão social, o protagonismo juvenil e, principalmente, uma educação conscientizadora. O trabalho realizado no ECE-BH busca também o desenvolvimento humano nas dimensões escolares, familiares, comunitárias e da saúde, além da educação para o mundo do trabalho e do lazer. Atualmente o Espaço Criança Esperança de Belo Horizonte atende a aproximadamente 1.000 crianças, adolescentes e jovens e realiza cerca de 9.000 atendimentos mensais em oficinas esportivas, culturais e educacionais.

Deixe seu comentário: